Carregando...

SeptversuM

💠
Portal oficial da autora ainda-não-bestseller, Ágata Cahill
Múltiplas Dimensões

Uma Franquia

Neste portal, se encontrarão organizados todos os projetos idealizados e produzidos por mim, Ágata Cahill, fora demais colaborações.

Não se esqueça de conferir nossas redes sociais para não perder nenhuma atualização! Confira também meu blog pessoal.

...

| O SEPTVERSUM |

Todas as minhas obras de caráter ficcional que fazem parte do mesmo multiverso compartilhado.

Projetos antigos e arquivados, mas com potencial para o futuro.

Trabalhos originais fora da Franquia Septversum
e participações importantes em outros projetos.

EM BREVE

COLABORADORES

Manter o Septversum não é uma tarefa fácil. Em breve, tenha a oportunidade de se tornar um colaborador e ajudar a manter o sonho vivo!

...
| EM BREVE |

UM PAÍS ESTRANHO...
ESTRANHO PELA PRÓPRIA NATUREZA

...

| EM BREVE |

...
| Disponível: |

Fairywood Tales

Projeto literário de fantasia, de publicação períodica, onde personagens clássicos dos contos de fada vivem em conjunto - mas nem sempre em harmonia.

...

Prepare-se para explorar os limites do tempo e do espaço, em um mundo onde a magia é mais do que real: é um jogo de poder!

A trama de Fairywood Tales se passa décadas após a coroação da rainha Snow White, dando-se início no Vale Celestial: um ducado do reino de Brivendell, este regido por Henry e Ella Charming.

Lá, conhecemos Grace e Kevin Rosemoon, primos de 15 e 13 anos. Kevin foi criado apenas pela mãe, Cassandra; Grace, por Constance, sua avó. Cassandra era a feiticeira designada da cidade e dividia seu tempo entre cuidar do filho e assistir às necessidades do plebeus. Mentoreava também, por livre vontade, Hazel Greenvelt, uma amiga de longa data de Grace detentora de um dom reprimido para as artes da magia.

Todos julgavam estar vivendo em segurança até o fatídico dia em que presenciaram seu ducado ser atacado por atípicas criaturas que procuravam, sob ordens de um mandante desconhecido, por uma espécie de relíquia supostamente escondida na cidade. A trama se acentua quando numerosas áreas por todas as extensões de Fairywood se veem também ameaçadas por forças sombrias - levando Snow, rainha do reino de Northalia, a recorrer por Cassandra, que já havia trabalhado em sua Ordem Magisterial Real no passado.

Como neve, a era de paz fairywoodiana começa a se dissolver, e todos os impérios, dos grandes aos pequenos, entram em estado de alerta. Portões são fechados, soberanias questionadas, conselhos fragmentados e traidores a todo momento caçados, pondo subitamente nas mãos de Grace, Kevin e Hazel a responsabilidade de uma missão para a qual nenhum deles havia sido preparado. Logo, eles iriam descobrir que os acontecimentos daquele conturbado dia eram apenas o primeiro fruto de uma conspiração muito maior do que qualquer alma de coração puro poderia se dar conta.


| EM BREVE |

THE ULTIMATE THEORY

...

Projeto em fase de pré-produção.

Na décima edição da Tube Expo, convenção fundada pela gigante TubeVideo, um famoso casal de criadores de conteúdo se percebem em seu momento de maior glória.

Responsáveis por um dos maiores canais sobre jogos da plataforma, um fandom fantástico e um bebê adorável, eles não poderiam pedir por mais nada.

Nada além, é claro, de saírem do prédio vivos.

Novas informações em 2021!


Descanse em paz,

Era Bitstrips

Em novembro de 2009, Ágata criava um perfil no Bitstrips.com, serviço de geração de histórias em quadrinhos que abriu espaço para o nascimento do Septversum.

Quase todos os dias, entre 2010 e 2015, eu estava lá. Conheci uma comunidade imensa, tanto brasileira quanto estrangeira, e fiz alguns de meus amigos mais queridos da adolescência. Criei diversas séries casuais (usando a comunidade BR como personagens) e de ficção, além de utilizar a ferramenta para meu projeto mais durável e, talvez, mais importante para a evolução dos meus processos criativos ao longo da juventude: Max Parker.

Dentre as séries destacou-se "Elementum", que contava a história de um grupo de adolescentes que, durante o retorno de uma excursão escolar, sobrevive a uma misteriosa queda de avião. Como se esse fato em si já não fosse improvável antes e depois de ocorrer, eventualmente todos acordam a salvo em suas casas sem qualquer recordação do acidente. Quatro jovens, por outro lado, compartilham lembranças surreais de uma ilha que flutuava por entre as nuvens e servia de base para uma torre colossal e uma estranha câmara subterrânea. Com o passar do tempo, se faz evidente a mais inesperada sequela do evento: eles estão desenvolvendo habilidades sobrenaturais. E há alguém na ilha nada feliz com isso.

Acompanhando o sucesso de "Elementum" na comunidade BR, foi lançada "Elemental High": um spin-off protagonizado por Devona Black, personagem lendária previamente mencionada na série original. A história acompanhava a jornada de Devona em uma renomada escola para os filhos dos bruxos da grande elite de todo o mundo, em uma época onde a existência da magia era tão clara aos humanos quanto seus riscos mortais.

Obs.: Mesmo em teoria fazendo parte do Septversum, uma vez que nunca cheguei a finalizar essas séries (e de terem sido escritas quando era muito jovem), sua leitura não deve necessariamente ser uma preocupação. Ainda que o Bitstrips retorne um dia, me sentiria muito mais confortável em fazer algum tipo de remake do que entregar o material da forma como estava. E, como sabemos que a chance de um comeback do site é quase nula, só o que posso comentar é que alguns conceitos e personagens podem (e vão) reaparecer na franquia em um futuro próximo.

Posso dizer sem medo que dezembro de 2012 foi um divisor de águas para a nossa comunidade. Do ponto de vista global, por motivos que explicarei mais abaixo, esse mês pode ser considerado o começo do fim para a plataforma. Do ponto de vista brasileiro e pessoal, entretanto, foi o grande ápice dessa era. Enquanto publicava uma série protagonizada pelos próprios membros do BitstripsBR - e que, por uma ironia maldosa, satirizava o fim do mundo -, anunciei o projeto que seria um dia meu espaço dos sonhos: Bitstrips Brasil, um blog feito para toda a comunidade BR interagir.

...

1.Antiga entrada do site

...

2.Comunicado do fechamento

...
...
...


Com a ajuda da equipe, foram postadas premiações, rankings, changelogs de atualizações de conteúdo, discussões, retrospectivas e até guias de sobrevivência! Infelizmente, como nada é para sempre (exceto a corrupção brasileira, o Sílvio Santos e Doctor Who), essa era viu seu fim chegar. Na medida em que os famosos aplicativos "filhos" foram crescendo, a comunidade foi se dispersando e a Bitstrips Inc. foi "abandonando" a plataforma original. Em 2014, o BitstripsBr já não dava sinais de vida. Em janeiro de 2017, entretanto, uma nova publicação foi lançada por um dos membros da equipe para comunicar àqueles que por ventura fossem parar no falecido blog uma notícia trágica: o Bitstrips havia deixado de existir.

Para explicar a situação, irei fazer uma breve linha do tempo:

2007/2008
Jesse Brown, jornalista canadense, ao lado de seu amigo do ensino médio, o cartunista Jacob Blackstock, fundam a Bitstrips Inc e logo a versão beta da ferramenta é lançada.

Dezembro de 2012
É lançada uma versão da ferramenta para o Facebook, que viraliza rapidamente. Em seis meses, o número de usuários já ultrapassa a marca de dez milhões.

Outubro de 2013
É lançada uma versão para celular que, no mês seguinte, se torna o segundo aplicativo mais baixado na Apple Store em todo o mundo. Enquanto isso, a plataforma original sofre um blackout e fica fora do ar por três meses inteiros, sem qualquer palavra dos desenvolvedores. Quando enfim volta, severos bugs se tornam aparentes e diversas funções do site estão inutilizáveis. A inbox, ferramenta básica para a comunidade, só retorna muitos meses depois. O criador de cenários, porém, some para sempre. Dali em diante, atualizações de conteúdo se tornam um sonho de uma noite de verão. E de inverno. E de 2014 inteiro.

Novembro de 2013
A Bitstrips Inc. atrai um investimento de 3 milhões de dólares da Horizon Ventures, uma firma de capital de risco controlada pelo magnata chinês Sir Li Ka-shing, 8ª pessoa mais rica do mundo segundo a Forbes.

Outubro de 2014
Junto com o anúncio do investimento de 8 milhões de dólares da KPCB (Kleiner Perkins Caufield & Byers), firma de capital de risco fundada por pioneiros do Vale do Silício, é lançado o Bitmoji, um aplicativo spin-off do Bitstrips focado na criação de stickers. Imediatamente, ele vai parar no "Top 10" da Apple Store, além de ganhar uma publicidade pesada durante o ano de 2015, quando celebridades como John Mayer e Victoria Beckham fazem menções ao mesmo.

Março de 2016
Apenas confirmando a informação em julho do mesmo ano, a companhia responsável pelo Snapchat compra a Bitstrips Inc. pela "singela" quantia de 100 milhões de dólares. Sem demora, o Bitmoji é integrado ao Snapchat, permitindo aos usuários linkarem suas contas e usarem seus stickers em mensagens e fotos dentro do próprio Snapchat.

7 de Julho de 2016
As trombetas do apocalipse são ouvidas, e elas dizem:

"Dear Bitstrips Users,

We're very sorry to announce that Bitstrips.com is going to be closing on July 8, 2016 at 12:00pm ET. We love this incredible, creative community, but can no longer continue operating the site as it is today.

Please use the following links to download your comics, characters and messages. (Download each webpage in Chrome using "Save Page As", "Format: Webpage, Complete".) (...)

We hope to find a way to give our users access to the comic builder again one day soon and apologize for such an abrupt end to the site."

A tradução desse comunicado carinhoso da Bitstrips Inc. pode ser vista a seguir:

"Queridos usuários do Bitstrips,

Se ferraram. Se ferraram bonito. Senta e chora, bebê."

8 de Julho de 2016, 12:00PM
O site começa a quebrar.

8 de Julho de 2016, 16:00PM
O site deixa de existir.

8 de Julho de 2016, 16:01PM
Ágata sente uma pontada no coração, mas por não fazer ideia do que está acontecendo naquele exato momento com o Bitstrips, deduz ser culpa do BigMac que escolheu como lanche. Continua comendo, ignorante do caos ao redor.

2018
Impossibilitada de acessar os arquivos de sua conta e revisitando o abaixo-assinado pela volta da plataforma todos os meses, Ágata espera por uma resposta decente da Bitstrips Inc. enquanto xinga muito no Twitter e dá like nos comentários de quem xinga muito na página do Facebook. Forças aos ícone.

| Disponível: |

Max Parker

Entre março de 2010 e julho de 2013, período que cobriu a era de ouro da blogosfera quadrinística no Brasil, um pacato projeto se desenvolveu, contando histórias desenroladas por desde o ambiente escolar até um reality show de baixo orçamento.

Falar sobre Max Parker é falar sobre um pedaço de mim. Desde o primeiro parágrafo escrito por aquela criança de onze anos até o último quadro montado para a última tentativa de preservar esse projeto, aquele universo era um de meus bens mais preciosos, um filho que eu aprendi a dar carinho e a permitir crescer junto comigo.

Eu posso, assim como você, facilmente explorar as toneladas de material criadas ao longo desses anos com um olhar desconfiado. Seria tolice esperar por grandes tramas e diálogos geniosos, quem dirá providos de uma gramática impecável. Esse livro esbarrou em seu ponto final um mês antes do aniversário de quinze anos de sua principal responsável, afinal. Antes dos protagonistas sequer terminarem o 2º Ano do Ensino Médio no internato Beldere High (ou serem expulsos), antes da Nanda e do Max pararem de se perseguir e abrirem seus sentimentos um com o outro, antes do Nerdison conseguir inventar um aparelho que não resultasse na desintegração de qualquer coisa num raio de um metro de distância; antes, enfim, de receberem um final digno e adequadamente amarrado.

Tentar resumi-lo em poucas linhas é, também, uma tarefa conturbada. Foram incontáveis personagens entrando e saindo ao longo de duas temporadas de breves capítulos (mal) escritos, dois blogs de quadrinhos (tendo suas numerações zeradas no espaço entre eles) e um reboot que rendeu um gibi e um terceiro blog, desta vez de tramas episódicas, postadas página por página. Como apontar os detalhes e separar os exemplos mais importantes sem terminar o texto com o sentimento de que estou deixando alguma coisa passar?

Uma personagem, entretanto, sei que merece um espaço especial aqui. Seu nome é Milona Limpdom; prima do Max, formada em Jornalismo (ou ao menos no primeiro ano de) e ex-redatora da polêmica revista Coisas Improváveis, era dona de dois grandes pertences: um cachorro travesso chamado Freduel e um nome singular que, embora culpa do, segundo palavras dela, "corno bêbado do cartório", teve um papel significativo em sua carreira. Afinal de contas, batizar um programa de "Falando com Milona" era tecnicamente mais lucrativo para o show business do que "Falando com Joana" ou "Falando com Gabriela", peculiaridade comprovada mesmo em sua constrangedora versão inicial, o "Milona Entrevista", que tinha como cenário um restaurante (cuja comida a equipe não tinha verba para pagar) e como entrevistados os alunos da Beldere.

O ponto alto da carreira de tão icônica personagem começou, sem sombra de dúvidas, no exato dia em que recebeu a proposta de liderar um ousado reality show, algo que seria "como o BBB, mas só com gente bonita e talentosa". Porém, como desde o nascimento, nada relacionado a ela ocorre como planejado, a direção acabou precisando eliminar certos itens dessa lista.

Assim como aconteceu com o blog BitstripsBR e algumas das séries publicadas apenas dentro da plataforma, criar o Challenge Show e, junto com ele, um vínculo ainda maior com meus seguidores e membros da comunidade provou que aquele era meu lugar e era nisso que eu queria dedicar o máximo possível de meu breve tempo neste pálido ponto azul: criando. Mesmo, é claro, que a Milona acabe se ferrando de vez em quando para que isso dê certo no final. Seja se virando em um restaurante, em um palco só dela ou em um manicômio abandonado, ela nunca desistiria de fazer o que ama. :)

Pausar esta história não foi uma decisão fácil - e, agora que o Bitstrips foi parar no mesmo lugar que o clipe de Dark Paradise da Lana Del Rey, é igualmente doloroso assumir que nada poderá voltar a ser como era. Tenho, em contrapartida, esperanças de poder aproveitar o melhor possível desse universo criado durante tanto tempo nessa nova era que se aproxima. Dito isso, mantenham os olhos abertos: a Beldere High continua funcionando e nossa repórter favorita continua à solta, com ou sem quadrinhos para as acompanhar.

Obs.: Para evitar a fadiga, mesmo que já tenha dado a entender isso, nunca é tarde para enfatizar: antes de concluir ou opinar sobre qualquer coisa lida durante sua exploração, leve em consideração a data em que aquilo foi postado e minha idade no respectivo ano. Abraços de luz e sabedoria! ;)

Max Parker nas duas versões do Bitstrips + Challenge Show
Max Parker nas duas versões do Bitstrips + Challenge Show
Falando com Milona
Challenge Show
| Disponível: |

Ego Storybrooke

Página de humor sobre a série de fantasia da ABC, "Once Upon A Time".





...



| Em construção: |

PIXEL CATARSE

"Em algum lugar, algo incrível está esperando para ser descoberto." - Carl Sagan
...

Saiba mais sobre nossos objetivos acessando o PORTAL OFICIAL.

Mais do que um projeto voluntário, a Iniciativa Pixel Catarse é uma corrente de manutenção social que propõe uma forma diferente de lidarmos e nos posicionarmos em nossa jornada pelas terras que chamamos de internet brasileira. Seria desonesto a rotularmos como um "mundo assombrado pelos demônios", onde reina o ódio e a desinformação, sem assumirmos nossa parcela de culpa no problema.

Perdemos tempo compartilhando e indiretamente divulgando conteúdos tóxicos e falaciosos apenas para levantar uma bandeira de indignação, recebermos um like de quem já sabemos que concorda conosco e ter nosso ego massageado pelo resto do dia. Aos que são, em particular, conscientes de seu dever moral em "escutar o outro lado" e "sair da bolha", por vezes, não percebem quando apenas a aumentam de tamanho, nem tampouco quando tais esforços ameaçam sua própria saúde mental. Embora convencidos de nossa posição de "destruídos", nos permitimos ser usados por pessoas que, a longo prazo, lucrarão com nossa exaustão, o ódio alheio e com a forma com a qual reagimos ao mesmo.

Enquanto isso, uma infindade de criadores de conteúdo e divulgadores científicos que de fato merecem sua atenção perdem espaço na sua timeline para um tweet polêmico de alguém que não merecia sequer a tomada do holofote que você ficou segurando. A ideia não é fingir que o problema não está lá: é saber se, como e quando intervir.

A Iniciativa acredita que é hora de darmos valor e voz àqueles que realmente acreditamos estar fazendo um bom trabalho. Tempo de nos mobilizarmos em prol da educação, seja ao apoiar outros criadores, refletir sobre nosso comportamento nas redes ou pondo a mão na massa nós mesmos: pense, por exemplo, em todo o conteúdo online fantástico que poderia ser apreciado pelo brasileiro médio com a ajuda de uma equipe dedicada de tradutores voluntários. Isso já acontece em pequena escala, mas acreditamos que podemos - e devemos - ir muito além.


| Disponível: |

Tube Tycoon

Já sonhou com uma grande carreira no YouTube? Agora, com o Tube Tycoon, você pode se tornar o criador de conteúdo mais famoso do planeta!


| Diretora de Tradução PT-BR.

...


Project Content.

Example No.1

Detail1

Detail2

Detail3

Detail4


Not him old music think his found enjoy merry. Listening acuteness dependent at or an. Apartments thoroughly unsatiable terminated sex how themselves. She are ten hours wrong walls stand early. Domestic perceive on an ladyship extended received do. Why jennings our whatever his learning gay perceive. Is against no he without subject. Bed connection unreserved preference partiality not unaffected. Years merit trees so think in hoped we as.

Improved own provided blessing may peculiar domestic. Sight house has sex never. No visited raising gravity outward subject my cottage mr be. Hold do at tore in park feet near my case. Invitation at understood occasional sentiments insipidity inhabiting in. Off melancholy alteration principles old. Is do speedily kindness properly oh. Respect article painted cottage he is offices parlors.

...
...
...
...

Example No.2

We've been working with Kingsman Studios and we are proud that they enjoy our results.

...

Turnip greens yarrow ricebean rutabaga endive cauliflower sea lettuce.

Not him old music think his found enjoy merry. Listening acuteness dependent at or an. Apartments thoroughly unsatiable terminated sex how themselves. She are ten hours wrong walls stand early. Domestic perceive on an ladyship extended received do. Why jennings our whatever his learning gay perceive. Is against no he without subject. Bed connection unreserved preference partiality not unaffected. Years merit trees so think in hoped we as.

Improved own provided blessing may peculiar domestic. Sight house has sex never. No visited raising gravity outward subject my cottage mr be. Hold do at tore in park feet near my case. Invitation at understood occasional sentiments insipidity inhabiting in. Off melancholy alteration principles old. Is do speedily kindness properly oh. Respect article painted cottage he is offices parlors.

Project Content

Example No.3

Pencil’s certified Bluetooth Smart wireless delivers a fast, stable connection with industry-leading power conservation

Each Pencil is milled from a single, solid piece of material. Graphite brushed aluminum model shown.

...

Pencil’s certified Bluetooth Smart wireless delivers a fast, stable connection with industry-leading power conservation

Each Pencil is milled from a single, solid piece of material. Graphite brushed aluminum model shown.